Novidades
Previous
Next

ANEFAC homenageia 21 executivos renomados do Brasil na 4ª edição do Prêmio Profissional Mérito ANEFAC 2023 

Os últimos anos têm se caracterizado por grandes e rápidas mudanças impulsionadas principalmente pela tecnologia. Com isso, o surgimento de novos cargos, funções e profissões acompanha toda essa evolução do mundo e o mercado exige líderes e profissionais cada vez mais capacitados.  

“É impossível, dizer a quantidade de cargos novos criados nos últimos quatro anos. Cargos que há dois ou três anos, não imaginaríamos que existiriam. Tudo isso traz uma grande riqueza e temos grandes talentos descobertos a cada momento”, ressaltou Bolí Rosales, superintendente da ANEFAC  

Com o objetivo de reconhecer os gestores que mais se destacaram em 2023, a ANEFAC realizou o 4º Prêmio Profissional Mérito ANEFAC, no dia 13 de setembro, em São Paulo. Na solenidade foram homenageados profissionais em três categorias diferentes: Mérito Áreas, Executivos que Fazem a Diferença, e Mérito Tributário.  

Para David Kallás, presidente nacional da ANEFAC, os grandes líderes são pessoas que servem de exemplo e fazem a diferença nas empresas, na sociedade e no pais.  

“O Prêmio Mérito não tem uma categoria fixa. Então, de fato, identificamos quem se destaca na sua área, independentemente de qual seja a área. São premiados aqueles que se destacam no que fazem, contribuem para o país com inovação e inspiram outras pessoas. Celebramos pessoas que fazem a diferença, fazem a diferença para suas equipes, nas suas empresas e, principalmente, fazem a diferença para a sociedade, para um país melhor”, explicou Kallás.  

“Esse Prêmio estimula outras pessoas a também se engajarem cada vez mais nessa iniciativa e todos os destaques considerados, tributário, governança tecnologia, entre outros, trazem para os profissionais um desejo de também terem esse reconhecimento”, complementou Luciana Bacci, vice-presidente de Governança da ANEFAC.  

Marta Pelucio, ex-presidente e conselheira da ANEFAC, destacou que, independentemente da categoria, os vencedores têm uma característica em comum.   

“Os vencedores têm em comum a visibilidade e o reconhecimento do mercado e de seus pares. A entrega do prêmio é só a finalização de reconhecimento que já existe no mercado. Nós não inventamos os premiados é o próprio mercado quem decide.” 

Os vencedores do Prêmio Mérito Área são: AGRONEGÓCIO – José Luiz Tejon Megido, Sócio-Diretor na Biomarketing; CAPITAL HUMANO – Luciana Carvalho, CEO & Co-Founder na Chiefs Group; CONSELHO – Andrea Leonel, Banco Santander e BDMG; CONTROLADORIA – Gregorio Moreira Franco, diretor executivo de controladoria no Banco Mercantil; EMPREENDEDORISMO E STARTUP – Thaís Borges, sócia-diretora na Systax; GOVERNANÇA CORPORATIVA – Thiago Fugita, Chief Compliance Officer na Iochpe Maxion; INOVAÇÃO NO VAREJO – Julia Rueff, diretora de Marketplace no Mercado Livre; TECNOLOGIA – Marco Aurelio Beltrame, diretor executivo na Totvs; SUSTENTABILIDADE – Felipe Gandolfi Tomasi, co-fundador na Regera.  

Entre os Executivos que Fazem a Diferença ganharam o prêmio Anna Prost, CEO na Zeno – Gestão da Experiência Jurídica, na categoria JOVEM DESTAQUE; e Pedro Pittella, diretor de Recursos Humanos na SANOFI, na categoria 50+. 

“Dizer que estou honrado, feliz, energizado, obrigado ANEFAC pelo reconhecimento. Tem um sabor especial receber o prêmio da categoria 50+. Tenho 58 e quando me tornei 50+, percebi que tinha vivido muitos privilégios e me senti muito culpado. Mas, transformei a culpa em responsabilidade, e a responsabilidade é o que me move desde então e anos depois me tornei líder do pilar de gerações globalmente da SANOFI. Se ninguém aqui ouviu falar de etarismo, a minha luta exatamente pela diversidade geracional. O prêmio 50+ tem tudo a ver”, comemorou Pittella.  

Os vencedores das categorias Mérito e Executivos que Fazem a Diferença foram escolhidos a partir de “um conjunto de qualidades que fazemos um levantamento aberto e transparente juntos dos nossos associados e diretores e chegamos em nomes muito seletos”, afirmou Kallás.  

O julgamento é feito por um Comitê de Premiação composto por nove integrantes dos quadros diretivo e do conselho da ANEFAC: Bolí Rosales – superintendente; Alexandre Velilla – vice-presidente administrativo; David Kallás – presidente nacional; Emerson Dias – vice-presidente de Capital Humano, Guilherme Dultra – vice-presidente de Finanças, Luciana Bacci – vice-presidente de Governança; Marta Pelucio – conselheira; Milton Toledo – conselheiro; e Roberto Fragoso – vice-presidente de Tributos.  

“Premiamos profissionais se destacaram ao longo de uma jornada e que realmente fizeram a diferença nos contextos das empresas que eles estiveram”, disse Guilherme Dutra, vice-presidente de Finanças da ANEFAC.  

Prêmio Mérito Tributário 

Os ganhadores das categorias tributárias passam por um outro julgamento que é feito a partir da avaliação das próprias empresas, conforme explica Roberto Fragoso, vice-presidente de Tributos da ANEFAC.  

“O valor desse processo do prêmio da categoria tributário é totalmente diferente de qualquer prêmio que existe. Por que a avaliação ela é feita de uma tal forma que quem avalia são os executivos das empresas, o que deixa o processo absolutamente transparente. Tanto o executivo avaliado quanto os avaliadores sabem como a ANEFAC gostaria de ver a nota desse executivo, sendo que a avaliação é toda auditada e transparente.” 

A ANEFAC convida as empresas para participarem do prêmio e, aquelas que aceitam, respondem a um questionário único, que passa pela avaliação da Associação.  

“É importante lembrar que os executivos que estão aqui são aqueles que quiseram vir nem todos têm interesse em participar. Definitivamente estão os melhores executivos tributários do Brasil. Os profissionais sabem que fazem um bom trabalho e submetam para uma avaliação da empresa. Esse é o momento que a empresa para e pensa naquele executivo como gestor e valor”, completa Fragoso. 

Os vencedores do Prêmio Mérito Tributário foram: AGRONEGÓCIO – Eduardo Amaro De Arruda, corporate Tax Manager na JBS; ENERGIA – Ana Paula Longo, diretora Tributária na Vibra Energia; INDÚSTRIA – Carolina Bacci, head of Tax na Acelen; INSTITUIÇÃO FINANCEIRA – Karina Emanuele Maranhão dos Santos, tax Director no Banco UBS; OUTROS SERVIÇOS – Alexandre Antunes, head of Tax na Atlantica Hotels; SAÚDE – Weberthon Nunes, gerente Tributário no Grupo Fleury; SEGURADORA – Ana Ferrara, tax Manager na Tokio Marine; SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO – Gustavo Alves, Tax Director na Tim Brasil; TECNOLOGIA – Rodrigo Reis, Tax Director na 99Taxi; e VAREJO – André Pacheco, Head of Tax na Lojas Renner. 

A ANEFAC também concedeu o título de “Imortal Tributário” para José Roberto Pizani, que não pôde comparecer na entrega por questões pessoais. “A ANEFAC reconhece assim as significativas e extraordinárias contribuições ao campo tributário brasileiro ao longo da carreira do Pizani. O legado dele perdurará nas empresas por onde passou, deixando uma marca indelével”, destaca Fragoso.  

Com todo o Comitê Premiador no palco foi anunciado a vencedora do Prêmio Destaque Tributário 2023: Ana Paula Longo, diretora Tributária na Vibra Energia.  

“Esse prêmio representa muito para gente e reflete o trabalho todo que o tributário da Vibra Energia tem desenvolvido. Eu costumo dizer que a minha missão é ter melhor time tributário do país, acho que hoje esse reconhecimento está acontecendo. Parabéns a todos os finalistas, a todos os indicados já é uma grande vitória estar aqui com os melhores. Boa sorte no ano de 24, nós da área tributária temos inúmeros desafios: a Reforma Tributária, a implementação da nova sistemática do preço de transferência. Enfim, o que não vai para gente na área tributária é emoção e novidade”, lembra a executiva Ana Paula Longo.  

Durante o evento os participantes puderam dividir experiências e celebrar as conquistas de um ano intenso de trabalho, o que é extremamente importante na avaliação de Emerson Dias, vice-presidente de Capital Humano da ANEFAC.  

“Uma premiação como essa mostra que não existe o saber único. Os saberes são múltiplos para fazermos a gestão de empresas e instituições. Uma premiação que surge numa instituição como a Anefac que abarca várias áreas, traz esse simbolismo, de que precisamos reconhecer todo mundo que se esforça para fazer uma empresa acontecer.” 

Ele finaliza, lembrando: “Vivemos em um mundo hoje que tudo é virtual, distante e quando você faz esse tipo de evento, marcamos episódios na vida das pessoas. São momentos como esse que fazem fortalecimento de network, relacionamentos que vão inclusive se transformar em capital humano e outros saberes que vão ajudar as empresas.” 

Ganhadores Mérito Áreas

Ganhadores Mérito Tributário

Time ANEFAC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.