Novidades
Previous
Next

Auren: Transparência e responsabilidade visando o crescimento do mercado livre de energia  

Em um cenário em que a responsabilização, ou accountability, tornou-se mais relevante, na visão de Ricardo Tresso, Gerente Executivo de Controladoria da Auren Energia, o Troféu Transparência ganha ainda mais importância para o setor. Isso ocorre porque o prêmio confere um selo de credibilidade às práticas de divulgação da demonstração financeira, confirmando a eficácia da mensagem transmitida ao mercado e a qualidade técnica das informações. 

No que diz respeito à responsabilização, ele acredita que esse aspecto traz maior legitimidade para a empresa avaliar sua trajetória. Esta é a segunda vez que a Auren recebe o Troféu Transparência; no ano anterior, foram reconhecidos como CESP. Desta vez, a Auren Energia é a ganhadora, em um ano desafiador devido ao processo de reorganização societária e à integração das estruturas da antiga acionista (Votorantim Energia) e da CESP, ocorrida em março de 2022, o que agrega ainda mais valor a essa conquista. 

Durante todo o ano passado, a empresa passou por processos de transformação corporativa e um crescimento exponencial em todas as áreas. “Receber esse prêmio na nova configuração da empresa demonstra que estamos construindo uma governança sólida, com equipes integradas e comprometidas com o sucesso do nosso trabalho, o que nos enche de orgulho”, explica Tresso. 

O reconhecimento pela transparência financeira engloba três pilares fundamentais para a empresa: governança corporativa, qualidade dos processos e ética. Uma equipe atua com rigor para avaliar quais temas são relevantes para serem divulgados ao mercado em suas demonstrações financeiras e em quais níveis podem avançar com cada pauta, sem gerar impactos negativos na qualidade da informação ou na estratégia da empresa. Segundo Tresso, a combinação desses fatores resulta em um ecossistema que fortalece a condução do relatório, mantendo o compromisso com informações de qualidade e alta relevância para o mercado. 

Na demonstração financeira deste ano, o principal destaque foi a divulgação relacionada à reorganização societária que resultou na configuração atual da Auren Energia, incluindo a incorporação das ações da CESP e da antiga acionista controladora, a Votorantim Energia. Na seção de contexto operacional, dedicaram várias páginas do relatório para apresentar os principais aspectos da reorganização societária e abordar como essa integração afetou fatores relacionados à contabilidade, ao balanço financeiro, aos resultados econômicos e ao patrimônio líquido. 

Quanto à inovação, o foco permanece na busca das melhores práticas para divulgar informações de qualidade. A Auren Energia se destaca pela evolução contínua, tanto na adaptação às normas contábeis quanto na otimização dos processos que impactam a qualidade de nossos relatórios. Um exemplo recente foi a reorganização da apresentação das informações financeiras e notas explicativas, tornando-as mais alinhadas com as expectativas do mercado e facilitando a compreensão. Essa forma de apresentação está alinhada à maneira como o mercado lê as informações financeiras da Companhia. Dessa forma, Tresso pontuam que criaram uma estrutura de fácil compreensão para tornar a leitura didática e qualitativa, priorizando a informação que o mercado deseja ver primeiro. 

Para 2024, a Auren está de olho na abertura do mercado livre de energia 

Em 2023, a Auren Energia celebrou conquistas notáveis, incluindo o pagamento de dividendos significativos, demonstrando retorno substancial para seus acionistas, com um pagamento de R$ 1.5 bilhão. Projetos-chave também estão em andamento, como o Parque Híbrido do Brasil “Sol do Piauí,” que integra energia eólica e solar com um investimento de R$ 255 milhões. Além disso, o “Sol de Jaíba” em Minas Gerais, com um investimento previsto de mais de R$ 2 bilhões, está a caminho de entrar em operação no próximo ano.  

“Olhando adiante para 2024, estamos atentos às oportunidades proporcionadas pela abertura do mercado de energia, que permitirá a migração de consumidores de menor porte. Nossa estratégia é centrada no crescimento sustentável e na expansão de nosso portfólio, sempre com a busca contínua pela excelência e pelo compromisso com a transparência em todas as nossas operações”, finaliza Tresso. 

Ricardo Tresso, Gerente Executivo de Controladoria da Auren Energia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.