Novidades
Previous
Next

TOTVS: Troféu Transparência tangibiliza a excelência em governança 

Para a TOTVS receber o Troféu Transparência pelo terceiro ano consecutivo é motivo de muito orgulho. Esse reconhecimento tangibiliza a excelência em governança que a TOTVS pratica em nossa forma de fazer negócios. Desde a sua fundação, a empresa acredita que a transparência em relação às informações não é apenas fundamental para o compliance e melhores práticas corporativas, mas também um verdadeiro compromisso com a sociedade. 

Além do reconhecimento do nosso trabalho interno, Gilsomar Maia, CFO da TOTVS, destaca que o Troféu Transparência os coloca em um grupo seleto de empresas já premiadas e os posiciona mais uma vez como referência para o mercado, especialmente o de tecnologia, e entre os líderes do processo de transformação do paradigma da conduta empresarial. “Hoje em dia, conduzir os negócios com transparência deixou de ser apenas uma questão de ética corporativa, mas uma exigência do mercado, principalmente com o avanço da pauta ESG.” 

Os últimos anos trouxeram evoluções importantes nas alterações contábeis e, consequentemente, a transparência nas demonstrações financeiras também precisou evoluir. Para acompanhar tudo isso, sem dúvida, aqueles que já tinham a digitalização corporativa como prioridade saíram na frente. A tecnologia definitivamente chegou aos processos contábeis e fiscais.  

Para Maia, o que antes era feito em papel e em programas simples hoje é automatizado em soluções avançadas de gestão corporativa e aplicação de inteligência artificial, mitigando possíveis erros e parcialidades, ajudando a antecipar possíveis riscos e falhas, e ainda entender tendências. O ganho de produtividade, agilidade e compliance é muito grande. “Com processos digitalizados e mais inteligentes, a transparência nas demonstrações financeiras se torna cada vez mais natural. Esse é o cenário que já vivemos aqui na TOTVS e que tende a avançar em todo o mercado brasileiro”. 

Dentre os principais planos da empresa para 2023 e 2024, estão algumas pautas mais latentes: 

a. Simplificação das Demonstrações Financeiras – a principal razão é tornar o entendimento das informações mais fluido para todos os stakeholders, em qualquer âmbito, e não apenas para os “especialistas financeiros”. Parece algo relativamente simples, mas certamente será um passo relevante e disruptivo, especialmente no mercado doméstico. 

b. A convergência da pauta ESG nas Demonstrações Financeiras, estendendo sua abrangência para outras informações relevantes, como Relato Integrado e Formulário de Referência. 

Gilsomar Maia, CFO da TOTVS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.