Novidades
Previous
Next

Prioridades ESG: diversidade e inclusão 

Chegar aos 98 anos de história reconhecido com características marcantes da nossa cultura, como uma instituição referência em excelência médica, qualidade de atendimento, cuidado com os pacientes e inovação, é reflexo direto da construção de uma cultura corporativa baseada em valores, princípios e no cuidado e desenvolvimento contínuos das nossas pessoas. 

Para o Grupo Fleury, trabalhar os temas diversidade e inclusão é uma oportunidade de reforçar seus valores e princípios, que, entre outros, incluem respeito e cuidado. Dessa maneira, queremos que nossos ambientes de trabalho sejam reconhecidos como lugares inclusivos e acolhedores, capazes de atrair e oferecer chances de desenvolvimento pessoal e profissional para que todas as pessoas possam prosperar e maximizar seu potencial, seguras de poderem ser quem elas são.  

Nosso modelo de gestão se apoia na Política de Valorização da Diversidade e Inclusão, cujo objetivo é reforçar os mecanismos de diversidade e equidade da companhia e inspirar práticas respeitosas e inclusivas em todas as áreas e relacionamentos. Sua elaboração seguiu o nosso Código de Confiança e referências globais sobre o tema, incluindo a Declaração Universal dos Direitos Humanos e os Princípios Orientadores sobre Empresas e Direitos Humanos das Nações Unidas, assim como os compromissos voluntários assumidos pelo Grupo Fleury, dentre os quais temos o Movimento Mulher 360, Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+, Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial e Pacto de Promoção da Equidade Racial, que apoiaram a definição das prioridades e ações de atenção aos grupos historicamente excluídos de oportunidades.  

Para articular as iniciativas de forma estruturada e endereçar as ações de promoção à diversidade e inclusão, contamos com um Programa de Diversidade, que atua no sentido de promover reflexões e provocar as áreas sobre a importância da temática e apoiá-las na adoção de práticas que contribuam com os compromissos e metas em diversidade, assumidos pela Companhia. Essa articulação, na prática, acontece também por meio de Grupos Focais de Afinidade, liderados pela área de Cidadania Corporativa e Diversidade, Equidade e Inclusão, integrante da gerência de ESG. Os grupos são formados por representantes de diversos setores, que se reúnem periodicamente para discutir o tema, identificar oportunidades de melhoria, definir prioridades e validar um plano de ação, atualizado anualmente. Adicionalmente, à Área de ESG cabe levar, às devidas instâncias, tais como ao Comitê de ESG, as matérias que necessitem de aprovação e avaliação. 

Recentemente evoluímos com a gestão do tema por meio da definição de compromissos públicos, dentre os quais aumentar a representatividade dos diferentes recortes de Diversidade no Grupo Fleury como um todo e em posições de liderança até 2030. O desafio envolve adotar práticas inclusivas e ações afirmativas que melhorem os indicadores de diversidade com foco em recortes específicos que foram priorizados: PcD, Gênero, LGBTQIA+, Étnico-racial e Geracional. Associadas ao cumprimento do nosso compromisso em diversidade e inclusão, aprimoramos os dashboards de indicadores que vão apoiar a companhia no acompanhamento do progresso rumo ao atingimento dos desafios dessa agenda, embasando também planos de ações, ajustes e melhorias no decorrer do horizonte de cumprimento definido. Também revisamos critérios de elegibilidade e processos de seleção nos programas de trainees e estagiários, iniciamos o programa “Elas na Liderança”, focado na aceleração de carreira de mulheres negras da empresa para assunção de cargos de liderança, lançamos vagas afirmativas para contratação de profissionais negros, incluindo na carreira médica, avançamos na inclusão de profissionais com deficiência intelectual e no espectro autista no âmbito do programa Emprego Apoiado, aprimoramos o programa Em.Frente, focado no combate à todas as formas de violência, incluindo a de gênero, e desenvolvemos conteúdos adicionais em Diversidade e Inclusão em nossa Universidade Corporativa e demais meios de comunicação da empresa.  

Em 2023, fomos incluídos no IDIVERSA, novo índice da B3, que tem por objetivo tornar os indicadores de diversidade visíveis e tangíveis para o mercado e gerar comparabilidade no desempenho das empresas, induzindo-as a adotarem as melhores práticas em relação à diversidade, especialmente raça e gênero.  

Ainda nesse ano, ampliamos a quantidade de Grupos de Afinidade, com a criação do Inclusion, grupo específico dedicado a Pessoas com Deficiência, e o Grupo Geracional, voltado as trocas de vivências entre colaboradores que estão em diferentes momentos de suas jornadas pessoais e profissionais. Também absorvemos de uma recente aquisição o Grupo #todas as pessoas, que discute questões variadas a respeito da diversidade e inclusão como um todo no âmbito da Diretoria de Pessoas e Cultura. Os três novos Grupos se juntam a outros três já implementados e atuantes: o grupo de afinidade Liderança Feminina, lançado em 2018 e que se dedica à equidade de gênero, e os grupos Prisma (LGBTQIA+) e Uzoma (étnico/racial), criados em 2020.  

Dessa forma, com as iniciativas desenvolvidas, e com o apoio dos Grupos de Afinidade, a Companhia amplia seus espaços formais e seguros disponíveis para a discussão e proposição de ações, contribuindo para romper barreiras e aproximar, de forma voluntária, os colaboradores em torno de conversas e debates com potencial de provocar reflexões e gerar mudanças na empresa e fora dela. 

*Artigo escrito por Daniel Périgo, gerente sênior de ESG do Grupo Fleury. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.